Blog 5àsec - Cabide de notícias

Cabide de Notícias

Cuidado: raiva em excesso faz mal

Estilo de vida - 11.08.2014

A raiva é um sentimento natural do ser humano, que pode ser demonstrada por meio de agressões verbais, físicas, movimentos bruscos, aumento do tom de voz, gritos ou até mesmo mágoas antigas que não foram tratadas. Para Melina Haddad, psicóloga da Gestão de Saúde da Care Plus, essas manifestações devem ser avaliadas com cuidado. “Para determinar se o comportamento está inadequado, devemos prestar atenção na intensidade, na frequência e na duração da raiva, pois em excesso, poderá trazer consequências negativas para a saúde do indivíduo”, explica.

Uma consequência direta de ter raiva constante é a hipertensão arterial. “Pois a emoção libera norepinefrina que eleva a pressão diastólica do sangue – ou se o hipertenso já tem maior probabilidade de mostrar mais hostilidade e ser mais agressivo do que uma pessoa com pressão normal”, conta Melina Haddad. Um estudo da Universidade de Harvard, publicado este ano no European Heart Journal, mostra que as pessoas que têm ataques de raiva possuem maior risco de sofrer um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral (AVC). Nas duas horas após o episódio, o risco de um infarto aumenta quase cinco vezes se comparado ao período em que a pessoas se manteve calma, já o de AVC triplica. “Os riscos aumentam proporcionalmente se a pessoa tiver um histórico de problemas cardiovasculares, diabetes ou se irritar com frequência”, explica Melina Haddad.

Para minimizar estes riscos, é fundamental que o paciente aprenda a lidar com a sua raiva. Por isso, Melina indica técnicas de relaxamento e biofeedback - ferramenta que monitora as respostas fisiológicas em tempo real, através de sensores e eletrodos conectados ao corpo. “Não podemos nos prevenir das situações que ocorrem no dia a dia, pois a maioria delas não temos o controle, porém podemos nos fortalecer para enfrentar as circunstâncias sem que sentimentos ruins como a raiva, a ansiedade e a tristeza, durem muito tempo”.


Mitos e verdades

Sentir raiva sempre é negativo?

Nem sempre. Muitas vezes sentir raiva pode ajudar a estabelecer alguns limites na vida, protege de situações perigosas e pode auxiliar as pessoas falarem o que sentem.

A raiva é automática e incontrolável?

Mito. A raiva pode ser controlada e modificada, conseguimos isso através do Treinamento de Controla da Raiva.

É saudável extravasar a raiva?

Mito. Expressar a raiva deixa a pessoa mais zangada e propensa a se tornar mais agressiva em uma situação posterior. Exceto em situações, como: vítimas de incesto, abuso ou violência sexual.

É bom colocar a criança que é muito agitada, que demonstra muita raiva em um esporte de luta?

Mito. Devemos extravasar a raiva de modo construtivo, fazendo algum esporte que não seja de confronto. O ideal é optar por caminhadas, ginástica, dança, música.

Dicas

Blog 5àsec - Limpeza a seco | 5àsec

Limpeza a seco | 5àsec
26.08.2020

Benefícios da limpeza a seco...

5àsec

Blog 5àsec - Durabilidade das roupas | 5àsec

Durabilidade das roupas | 5àsec
11.08.2020

5àsec | Lavar roupa em lavanderia aumenta durabilidade das roupas...

5àsec

Blog 5àsec - Foco em Sustentabilidade | 5àsec

Foco em Sustentabilidade | 5àsec
28.07.2020

5àsec desenvolve ações com foco em sustentabilidade...

Compartilhar
+1 Post